.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

29/07/2013

Dos vernizes para o outono/inverno 13.14







Eu sei que ainda estamos a meio do verão (e espero que ele fique por cá durante muito tempo)! No entanto, como vocês já sabem, sou apaixonada por vernizes, pelo que gosto de estar informada sobre o que se vai usar nas próximas estações. Então é assim:

Mantêm-se em alta os metalizados, que surgem em novas cores como o verde, bordeaux e creme. O duo imbatível (dourado e prateado) continua muito atual.

Os tons terra, com incidência nos castanhos, cinzas e verdes também são tendências seguras.

O meu querido preto vai usar-se imenso, seja mate ou com brilho.

Os tons mate (que são aqueles que mais associo ao inverno) nunca nos deixam ficar mal, usando-se preferencialmente em tons escuros.


27/07/2013

Kenzo Fall 2013 Campaign


Confesso que não sou grande fã da Kenzo
No entanto, de entre as variadíssimas campanhas outono.inverno que já vi, esta está no top das mais divertidas e originais, pelo que não resisti partilhá-la! :)






  


















25/07/2013

Cabelo de verão


Verão é sinónimo de leveza, liberdade e diversão. Foi mais ou menos isso que tinha em mente quando pedi à minha cabeleireira para me fazer este corte: algo messy - tenho uma tara por cabelos despentedos - e muito, muito prático. Não tenho (nunca tive) paciência para secadores ou alisadores, pelo que é requisito essencial poder lavar o cabelo e deixá-lo secar ao natural.
Fiquei muito contente com o resultado, que me faz sentir qualquer coisa como uma versão sem franja da maravilhosa Amélie Poulain! :)













23/07/2013

A kind of Magic


Durante a (curta) estadia na Nazaré, pernoitamos (adoro esta expressão!) no Magic - Art Hotel, relativamente recente e absolutamente maravilhoso: um espaço contemporâneo onde, no entanto, se teve o cuidado de preservar linhas que remetem para o conceito arquitetónico da vila, com várias alusões às tradições da região e um monte de bom gosto.
Além disso, os 10 quartos do hotel são diferentes entre si!
Aconselho a 100%, o espaço é lindo de morrer...
Ora espreitem:




















21/07/2013

Das minhas malas preferidas para a próxima estação




Imagens: zara.pt


A lista dos meus "acessórios" preferidos é encabeçada por sapatos. Sou louca por sapatos e, se pudesse, tinha um par dos vários modelos possíveis e imaginários, de preferência em várias cores (ok, estou a exagerar um bocadito, mas já que estou a falar de delírios - dos bons -, deixem-me delirar à vontade)!
Depois dos sapatos vêm os anéis e as malas, preferencialmente se forem enormes ou se forem minis - clutchs, portanto.
Ao ver a coleção Outono/Inverno 2013 da Zara deparei-me com estas duas beldades, lindas que só elas, e a um preço bastante acessível. A profissional custa 59,95€ e a irreverente 22,95€.
Não são maravilhosas?
 

17/07/2013

Novidades para o rosto


Um destes dias fui à farmácia à procura de um bom creme de contorno de lábios, já que os 40 se aproximam rapidamente e é preciso cuidar destas rugas que teimam em aparecer!
Acabei por optar por este da B Lift, marca que nunca tinha experimentado. Confesso que os produtos não são nada baratos (o creme custou-me cerca de 51 €) e só o trouxe porque quando o adquiri, a marca estava a fazer uma campanha deliciosa: na compra de um produto podia trazer outro até ao mesmo valor. Como estava a precisar, acabei por trazer "à borla" o iluminador de rosto, do qual me tornei absolutamente fã, porque a pele fica com um tom bronzeado muito bonito (acho que ajuda o facto de o mesmo conter três tons que se misturam na hora de usar).
No que toca ao contorno de lábios, tenho de (ab)usar um pouco mais para me poder pronunciar. 

Depois conto!







15/07/2013

E a Nazaré aqui tão perto


Last week me and my boyfriend went for two days to Nazaré, a place with very brave people, always with a smile on their face!
These photos were taken at Sítio, on a wonderfull sunny day, wich allowed us to see the town.
So beautiful!


Na semana passada eu e o babe tiramos dois dias e decidimos ir passá-los à Nazaré, onde já não ia há muitos, muitos anos.
Ficamos especialmente encantados com as pessoas, gente lutadora de sorriso nos lábios e resposta sempre pronta!
Estas fotos foram tiradas no Sítio, num dia de sol maravilhoso, pelo que conseguimos ter uma vista deslumbrante sobre a vila.
Sabe sempre tão bem ir para fora cá dentro...

























13/07/2013

Inspirational board





1. Cushnie Et Ochs Resort 2014

2. Harper's Bazaar Spain - July.August 2013

3. Dior Snow Make-Up Collection 2013

4. L'Officiel Paris - June.July 2013

5. Sicky Magazine - June 2013

6. Tara Jarmon - SS 2013



11/07/2013

Something to read






Mark Rowlands is a professor of Philosophy at the University of Miami and already wrote several books. “The Philosopher and the Wolf” is a real story about a friendship between the author and a wolf. A wolf?!? Yes, a wolf.
The reading is not easy, the book is very intense, a human soul tractate about what approaches and separates us from animals.
There were moments that I felt myself described, in others I felt a little bit shamed, when I recognized myself in the human being characterization.
Like Mark Rowlands, I think that we have a lot to learn with wolfes.
To read!



Mark Rowlands é professor de Filosofia na Universidade de Miami, tendo já escrito vários livros. “O filósofo e o lobo” é a história real de uma amizade de 12 anos entre o  autor e um lobo. Um lobo?!? Sim, um lobo.
Não sendo e de leitura fácil (foi escrito por um filósofo, pelo que não tem a leveza de um policial, por exemplo) é um livro muito intenso, um tratado sobre a alma humana e sobre o que nos aproxima e separa dos animais.
Houve momentos em que me senti descrita naquelas páginas, noutros senti-me envergonhada por me reconhecer na caracterização do ser humano.
Tal como Mark Rowlands, acho que temos muito que aprender com os lobos.
A ler, definitivamente!