.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

31/08/2013

Kit de sobrevivência para as férias





Costumo designar-me como a maluquinha dos cremes. Adoro experimentar cremes para tudo e mais alguma coisa, ainda que não sirvam para nada, e sou louca por amostras: dêem-me amostras e vão ficar frente a uma verdadeira histérica! :)
Como tal, nas férias fiz-me acompanhar dos meus amiguinhos que podem ver na foto, todos eles absolutamente imprescindíveis:

1. BB Cream da Garnier - Desde que descobri os BB que sou utilizadora habitual: é uma ótima alternativa para quem, como eu, não usa base no dia-a-dia. Entretanto comprei um CC Cream para quando este acabar mas desse falarei mais tarde.   

2. Crème Tisane de Nuit da Caudalie - É o meu atual creme de noite e não há muito a acrescentar: adoro os produtos Caudalie.

3. 10 Total Repair da L'óreal - É um sérum da linha Revitalift, pensada para as mulheres com 40 ou mais anos (como estou nos 38, acho que já posso usar). Aplico todos os dias de manhã e à noite, depois da pele estar limpa e antes dos hidratantes.

4. Pure & Natural da Nivea - É um hidratante que uso todos os dias pela manhã, antes do BB Cream.

5. Água Termal da La Roche Posay - Além das suas propriedades, nomeadamente calmantes, é maravilhosa para usar na praia ou simplesmente quando se tem calor.

6. Body lotion para duche da Nivea - É ótimo para se usar quando se está com uma preguicite aguda que nos impede de colocar o hidratante de corpo tradicional, ou quando se tem pouco tempo. Há uns anos, quando morava nos Açores, tinha acesso a produtos americanos não disponíveis no mercado nacional, que alguém me trazia da base aérea, a preços deliciosos; na altura experimentei o body lotion para duche da Olay, uma verdadeira inovação para mim, que nunca de tal tinha ouvido falar, e do qual fiquei fã: a pele ficava muitíssimo hidratada. Não posso afirmar que este da Nivea seja tão bom, mas penso cumprir os requisitos mínimos, a um preço bastante acessível.

7. Creme nutritivo de mãos Babaria - Utilizo-o igualmente nos pés, e normalmente alterno-o com o creme Barral, o melhor hidratante para pés e mãos que conheço.

8. Pure & Sensitive da Nivea - Protetor solar de uso obrigatório durante todo o ano, especialmente na face.

9. Contorno de lábios da B-Lift, do qual já falei aqui

10. Roll-on anti-olheiras da Garnier - Aplico todos os dias da manhã, visto que com a idade as olheiras tendem a ficar mais profundas (grrggrrrr!!).

11. Jambes Divines da Caudalie - Já todas ouviram falar deste produto que é um verdadeiro achado para mim, branquela que sou. Até ao momento, o produto do ano!

12. Contorno de olhos da linha Vinexpert da Caudalie - Era uma amostra e já acabou (snif snif).

13. Sweet Day Dream da Victorias's Secret - É um spray refrescante para o corpo, uma espécie de água termal mas com aroma a maçã, frutos silvestres e baunilha: de-li-ci-o-so!

Para além destes ainda levei mais alguns produtinhos (que me valeram a alcunha familiar de farmácia ambulante), tendo conseguido manter a exfoliação semanal do corpo e da cara. Já o anti-celulítico nem saíu do nécessaire e, embora ano após ano isto suceda, levo-o sempre na esperança de mudar. Ainda não foi desta!


29/08/2013

Um look descontraído


Por vezes, por falta de tempo ou paciência, escolho outfits muito básicos. 
Neste caso, um par de calças e uma sweater, complementados com uns sapatos de salto alto e alguns acessórios são suficientes para criar um look bem relaxado, mas não descuidado.
Objetivo cumprido!




















P.S.: Desculpem a ausência, mas decidi aproveitar estas férias para fugir a 100% à rotina, o que implicou estar absolutamente desligada da Internet (e que bem que soube!!). 
Os posts regulares estão de volta! ;)  

18/08/2013

Moisture Kick da Schwarzkopf







De início causou-me estranheza a ideia de usar amaciador de cabelo fora do duche. Uma questão de hábito, acho!
No entanto, já me habituei completamente à ideia e não há nada mais simples: logo após o banho borrifo um pouco somente nas pontas e, passado cerca de 1 minuto, já está pronto a pentear: o cabelo fica brilhante, leve e hidratado e, como os meus caracóis não são nada dóceis (são antes ligeiramente selvagens), ficam domados como bebés.
E o cheiro? É delicioso.
Agora é deste senhor spray a culpa de não me imaginar a voltar a usar os amaciadores tradicionais tão cedo!

14/08/2013

Literatura de férias






Bendita biblioteca municipal de Leiria que me permite poupar um monte de dinheiro em livros (e que vou gastar logo a seguir em trapinhos ou afins… enfim)!

Para ler nas férias – que se iniciam exatamente HOJE (yyuuppiiiiiiiiiiiiiiii) - escolhi obras relativamente leves, a condizer com a estação, de autores que nunca li:


Quarta-Feira de Cinzas, de Ethan Hawke 
(Difel, 2003)
Pois é, o menino, além de ator  e realizador, ainda escreve livros! Este é descrito como sendo uma "belíssima história de amor dos tempos modernos", que se desenvolve em vários locais dos Estados Unidos da América. 
Vamos ver se não desilude.


Nas teias do crime, de Jake Arnott 
(Editorial Presença, 2007)
O autor venceu o prémio Crime Writers Association Dagger in the Library pelo conjunto da sua obra e, neste livro, bastante irónico por sinal (oba!), faz uma sátira a uma época e cultura "obcecadas pela celebridade e pelo fascínio gerado pelos criminosos".
Sobre o mesmo, David Bowie afirmou que é "Divertido, vertiginoso, brutal e engenhoso." E se o Bowiezinho diz, eu acredito, mas é sempre bom confirmar!


Alguns preferem urtigas, de Junichiro Tanizaki 
(Teorema, 2009)
O autor, que já morreu, é considerado um dos maiores escritores contemporâneos japoneses, tendo sido esta uma das suas obras mais aclamadas. É a história de um casamento em crise que, segundo o tradutor de Tanizaki para inglês, é autobiográfica.
  


Nada de Melancolia, de Pedro Mexia 
(Tinta da China, 2008)
Este livro reúne as crónicas que foram originalmente publicadas na revista NS (Diário de Notícias e Jornal de Notícias), entre janeiro de 2006 e abril de 2007. 
 Escreveu Miguel Esteves Cardoso no prefácio: "Estas crónicas mostram que o tempo passa mas também mostram que é no passar que o tempo tem graça. Não sei que pacto com o diabo fez Pedro Mexia para acompanhar o tempo nessas suas idas e revindas. Mas também o tempo teve sorte por ter arranjado um tão fino e fiel amanuense."
Já comecei a ler e parece-me que vou adorar.
 

12/08/2013

Black Summer


Gosto muito de usar outfits de uma única cor, de preferência em branco ou preto (é o que dá ser minimalista na forma de vestir). Para este look escolhi 2 peças muito simples, para deixar o colar statement brilhar. 
E como ele brilha! :)
















10/08/2013

Uma agenda? Uma clutch? Não, a minha nova carteira!


Não consigo pagar 100 € por uma mala, a não ser que me apaixone de tal forma que não o consiga evitar. E isto porque há tantas malas, tão lindas e a preços tão acessíveis, que considero um desperdício pagar caro por elas. Também por causa da diversidade, tenho tendência (mais do que gostaria) a mudar de malas a cada temporada, o que se torna impensável se as mesmas não forem baratas.
Com as carteiras passa-se precisamente o oposto. Uma boa carteira deve durar-me uns tempos, ser bonita e, o mais importante, ter espaço para os demasiados cartões que possuímos, alguns dos quais não nos servem para nada, mas que não nos conseguimos desfazer (ai as mulheres, as mulheres!).
A minha última carteira já tinha uns anitos e estava mesmo pronta a entrar na reforma. Por isso dirigi-me à Parfois* onde acabei por achar "A carteira". Pertence à nova coleção e é enorme, com espaço para tudo e algo mais. Além disso, adoro o padrão.
Acho que vamos ser grandes amigas!

* A Parfois não me paga pela publicidade, mas adoro o design, a qualidade e o preço dos produtos. E deve falar-se do que é bom, não só maldizer o que é mau, certo?













08/08/2013

Marc Jacobs Makeup Collection


É já amanhã que está disponível nas lojas Sephora a primeira coleção de maquilhagem de Marc Jacobs, que decidiu fazê-lo em grande estilo: no total são 122 produtos onde se incluem 25 vernizes, 16 tons de base, rímel, hidratante para lábios, estojos de sombras de diferentes tamanhos, lápis delineadores, 16 batons e 12 lip gloss, pó bronzeador, 9 tons de corretor, etc., etc.
À imagem do criador, a coleção é irreverente e divertida, cheia de cor.
Vejam alguns dos produtos, meninas, e (não) comecem a babar!  
  




06/08/2013

Quarto com vista sobre a cidade


Temos tendência a pensar que as mulheres têm mais jeito para decoração do que os homens, certo? A não ser, claro, que esses homens sejam gays, porque é sabido que têm um elevado sentido estético. Pois o quarto que vos mostro pertence a um grande amigo que é hetero, cheio de detalhes muito bonitos, e que constitui a exceção que confirma a regra: os homens não têm jeitinho nenhum para a decoração. A não ser que sejam gays, claro! :)






























04/08/2013

Ai o verão, o verão...


Uma das muitas razões que me levam a adorar o verão é o facto de ser muito fácil saber o que vestir. Basta um vestido, umas calças leves, uma saia ou uns calções e uma camisola ou camisa e está feito o look. Simples e eficaz.
Se a essa simplicidade juntar duas das minhas cores preferidas, estão a isso chamo perfeição! 





















02/08/2013

Side Effects





Steven Soderbergh realizou filmes como Traffic, Sexo, Mentiras e Vídeo, Erin Brochovich ou Magic Mike.
O realizador tem afirmado que vai deixar de fazer filmes pelo que, mantendo-se essa intenção, Side Effects (2013) será o seu último filme (espero bem que não, que ele continue a realizar, já que gosto de grande parte dos seus filmes).
Com Jude Law, Rooney Mara, Catherine Zeta-Jones e Channing Tatum, Side Effects é um thriller psicológico intenso que aborda estados depressivos e o mundo da psicofarmacologia, uma mistura bastante explosiva, portanto!
Não quero contar muito mais para não deixar escapar informação; posso, no entanto, afirmar que a história tem uma série de reviravoltas inesperadas e que o parecia ser um tipo de filme termina como um outro, bastante diferente.
Catherine Zeta-Jones, que considero uma atriz médio-fraquinha, não surpreende e mostra-se igual a si própria, mas isso não interessa nada porque a queridíssima Rooney Mara representa pelas duas.