.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

29/12/2014

| You can leave your hat on |



Por vezes gosto de usar este tipo de looks, mais rock'n'roll. 
O chapéu foi o acessório perfeito para o complementar. 











Calças Zara, t-shirt Arabella & Addison, casaco Partenza, botins Pull & Bear


27/12/2014

| A ler: Bret Easton Ellis |





Comecei por ler o Menos que Zero, que o autor escreveu quando tinha apenas 19 anos, e que se tornou num bestseller à escala mundial. Sem ter uma história tradicional, retrata a vida de um conjunto de jovens que vivem de aparências, glamour e cocaína. Uma descrição implacável e irónica dos jovens de Los Angeles.

A este seguiu-se O Psicopata Americano (tornou-se num filme brilhantemente interpretado por Christian Bale) que se debruça, uma vez mais, sobre as aparências e o culto do eu, a geração oca de yuppies que viveu a sua juventude nos anos 80 e a violência. 
O personagem principal, Patrick Bateman, trabalha durante o dia em Wall Street e passa as noites em festas regadas a álcool e drogas. Quando está entediado, sai pelas ruas de Nova Iorque e assassina brutalmente mendigos, tortura prostitutas ou quem considere não trazer qualquer mais valia à sociedade. Talvez o meu preferido!

O último que li do autor, Glamorama, centra-se agora no mundo das celebridades, mundo esse que vive (uma vez mais) de aparências e se alimenta de muito álcool, droga e sexo. 
É um livro cheio de reviravoltas; por vezes tive dificuldades em acompanhar o escritor, tal é o número de desvios que ele faz mas, por outro lado, queria sempre ler mais.
Aconselho!


21/12/2014

| Um trio natalício |


Todos os anos rumo ao Norte do país para passar o Natal com a família, e essa é a razão principal para não fazer árvore de Natal. Quer dizer, não faz muito sentido estar a fazer a árvore se, nesses dias, não estou em casa. Assim, coloco duas ou três decorações alusivas à época e está feito! 
Este ano descobri estes porta-guardanapos, de cerâmica, e foi amor à primeira vista. Não são lindos?
Parece-me que o espírito natalício se vai alargar ao resto do ano! :)









19/12/2014

| De manta às costas |


Bendita a alma que se lembrou de transportar as mantas para a rua. São tão quentinhas que, depois de se usar a primeira vez, não se quer outra coisa.
Estou absolutamente fã e particularmente apaixonada pela que estou a usar.
E quero mais!










Calças e casaco Mango, camisola Suiteblanco, manta Stradivarius e botins La Redoute


17/12/2014

| Uma proposta para a última noite do ano |


As minhas premissas para esta noite são conforto e elegância, em igual medida. O resto? 
Muita diversão! ;)




15/12/2014

| Vai um chá quentinho? |


Há dias fui à Casa Hus - que em japonês arcaico significa Casa do Bule -, uma casa de chá situada aqui em Leiria que, no próximo dia 17, comemora um ano.
Estive à conversa com Pedro Leitão, o proprietário, que explicou, para meu espanto (sim, sou completamente ignorante na matéria), que existem somente quatro tipos de chá - o amarelo, o verde, o preto e o branco. O resto são tisanas ou infusões - por exemplo, morango e nata ou frutos vermelhos.
Na Casa Hus, entre chás e infusões, existem 82 variedades, que podem ser consumidas lá ou trazidas para casa, e à medida do cliente: consoante as necessidades, o Pedro cruza chás, de forma a que cada um traga o que é mais indicado para si. Por exemplo, nesta época de Natal os chás digestivos são os que mais se vendem (vá lá entender-se porquê)!
Aí podem ainda encontrar produtos gourmet ou que não estejam à venda nas outras superfícies comerciais, como doçaria de Alcobaça, que tive o privilégio de provar. Nham!

Fica nas Galerias Jardins do Lis, Loja 45 (Avenida Dr. Adelino Amaro da Costa - Lote 21).














11/12/2014

| Magic man |


É um dos melhores músicos portugueses da atualidade, na minha opinião (ouço os primeiros acordes de qualquer uma das suas músicas e o meu pé começa logo a bater, o insolente), e por isso sentia muita pena por nunca ter conseguido assistir a um concerto seu (quer dizer, já o vi/ouvi como DJ e o homem é poderoso, mas não é a mesma coisa).
Felizmente que Paulo Furtado anda por estes dias a fazer uma digressão pelas FNAC's a apresentar True, o seu último álbum, e, no último domingo, fui assistir ao mini-concerto que deu em Leiria. Não foi um concerto mesmo a sério (foi uma espécie de aperitivo), mas é melhor do que nada.
O que suspeitava confirma-se: o músico é o verdadeiro one man show e a música dele é boa demais. Ponto.








09/12/2014

| Dos indispensáveis para o frio |


Quando era mais nova não ligava muito a luvas mas, há que enfrentar a realidade, estou a ficar uma cota, e os cotas têm frio (ai que saudades do tempo em que os mais velhos me olhavam de soslaio e me perguntavam mas tu não tens frio?).
Também não ajudava o facto de ser fumadora (sim, eu sei, shame on me), porque não dava jeito nenhum ter que tirar as luvas sempre que me apetecia um cigarro.
Hoje em dia esse pequeno grande problema está resolvido graças às luvas 'sem dedos'. E ainda que não estivesse, a velhice não perdoa! :)
Estes são alguns dos modelos mais giros que andam por aí:

1. Gucci - EUR 365
2. Mango - EUR 25.99
3. H&M - EUR 19.99
4. Karl Lagerfeld - EUR 90
5. Mango - EUR 25.99
6. Stella McCartney - EUR 155
7. H&M - EUR 39.99





07/12/2014

| Vamos à la playa |


Sei que é um cliché afirmar que o mar me faz tão bem que, de vez em quando, necessito de uns minutos a ouvi-lo e a respirá-lo. Mas esta afirmação tem tanto de cliché como de verdade: bastam-me uns minutos a olhar para o mar, ouvir o barulho das ondas e sentir o cheiro a maresia para me sentir muito mais serena.
Há uns dias fui até S. Pedro de Moel matar saudades deste momento zen e soube tãããooo bem...
















Calças e t-shirt H&M, casaco Tally Weijl, botas Suiteblanco