.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

09/10/2015

| Uma história a conhecer |




Embora não seja o tipo de literatura que normalmente consumo, uma colega aconselhou-me a ler e assim o fiz. 
Este best seller (vendeu que nem pães quentes) retrata a vida de Mariam e Laila, duas mulheres a quem a tradição e a morte obrigam a partilhar o mesmo marido, num Afeganistão recente devastado por perturbações sócio políticas brutais.
Não a considero uma obra brilhante, mas consegue cumprir perfeitamente o objetivo: o autor - o afegão Khaled Hosseini - conta uma história muito dura de uma forma fluída e clara, história essa que mais não é do que o retrato de uma sociedade afegã demasiado antiquada e machista, em que as mulheres são tratadas abaixo de cão (desculpem-me a frontalidade, mas não há forma mais suave de o dizer).
Aconselho a ler, nem que seja para se perceber um pouco melhor a crueza da humanidade (que, maioria das vezes, preferimos fingir não existir).  

15 comentários:

Look Day disse...

Ainda não conhecia esse, sou viciada em livros.

Beijos.

Daniela Silva disse...

É interessante, embora não seja o que eu costumo ler :)

Lucy disse...

Uii fiquei curiosa agora e não é um tema que eu escolha para ler habitualmente.
Obrigada

Sofia disse...

Gosto muito de histórias que façam retratos sociais. É bom saber o que se passa no mundo, não podemos ser ingénuos a ponto de pensar que desde que tudo esteja bem na nossa pequena bolha Actimel, tudo esteja igualmente bem no mundo. Hás-de experimentar ler o "Cisnes Selvagens", também é muito bom (=

Nor Melo disse...

Não conhecia :)

Liliana Santos disse...

O meu género é mais romances de finais felizes com muita fantasia à mistura, mas é curioso, cada vez que começo a ler um livro deste género, não consigo parar até terminá-lo.

Beijinhos e Bom Fim de Semana ♥
http://lovingmypinkbubble.blogspot.pt/

A Pequena Boneca de Trapos disse...

Também não é o meu tipo de leitura, mas depois de ler o que escreveste fiquei curiosa!

Bjxxx

Virgínia Ferreira disse...

Não conhecia mas parece-me interessante.
Beijinhos
http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

Danny disse...

estas histórias deixam-me revoltada! já li uns do género e fico sempre com esse sentimento de revolta, por saber que não é só ficção

Sorte no Azar disse...

Segue-me novamente neste novo link: http://sortenoazar100.blogspot.pt/
desculpa pelo incomodo, e espero que gostes do novo nome
Obrigada, beijinhos :)

Joana Sousa disse...

Adoro livros desse estilo - baseados em histórias reais, em sociedades e em factos. Esse nunca li, a ver se o apanho!

Jiji

Gluten Free Girl disse...

Li "O Menino de Cabul" há 2 meses, e foi um murro no estômago. Entrou directamente para os 10 melhores livros da minha vida. Tenho que experimentar este !

Rita disse...

Gostava de acreditar que sim :/

Francisco disse...

Obrigado pela sugestão

Beijinhos

Merenwen disse...

Li este livro há uns anos atrás e gostei muito...nano tanto como o menino de Cabul mas mesmo assim acho que capta muito bem a realidade por aquelas bandas do Médio Oriente.