.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

31/07/2016

| Crónicas da vida airada (ou não) #10 |

Nós, mulheres, gostamos de afirmar que não precisamos dos homens para nada, que conseguimos fazer tudo sozinhas (vá, que vos páre já esse pensamento que aqui o tema não é sexo).
Estou a falar daquelas tarefas caseiras tradicionalmente associadas aos homens como, por exemplo, os trabalhos de bricolagem ou o desentupimento de ralos.
Vivendo sozinha, não tenho outro remédio senão fazer coisas de que não gosto: ainda há dias tive que desentupir um cano e, embora isso só tenha implicado despejar meia garrafa de um líquido qualquer comprado no supermercado, seguido de água a ferver, pensei (uma vez mais) que não nasci para isto.
Claro que, se vivesse com alguém - do sexo masculino, entenda-se - fazia-lhe os meus melhores olhinhos, acompanhados de uma voz sussurrante e de um beicinho sorridente e a coisa ficava resolvida (sim, leitores do sexo masculino, nós usamos essa tática sempre que queremos que vocês façam alguma coisa e, na grande maioria dos casos, resulta).
Mas não, não vivo com ninguém (para além da gata Maria que, está fácil de ver, não me liga nenhuma) e, por isso, não há olhinhos nem sussuros nem beicinhos sorridentes que me valham.
Cada vez lido melhor com estas tarefas, já conseguindo limpar os vidros da parte de fora sem parecer um equilibrista com diarreia ou colocar quadros na parede sem ser na diagonal.
Mas há ainda uma pequenina coisa que, sendo verdadeiramente básica, me irrita de uma forma anormal. E esse 'pequeno' problema chama-se levar o lixo à rua.
As mulheres não gostam de levar o lixo à rua. Ponto. 
É uma tarefa ingrata que devia ser sempre um homem a realizar. E não me perguntem porquê, que não sei explicar; o que sei é que sempre que o balde do lixo começa a ficar cheio, há uma espécie de urticária que desce em nós se não existir alguém que o possa levar. 
E, como a vida não é fácil, uma mulher tem que aprender a viver com estas sucessivas urticárias que não nos fazem bem nenhum.
Um dia, se voltar a viver com alguém, obrigo-o a celebrar um contrato-promessa por escrito e sujeito a registo público, com uma cláusula única, qualquer coisa do género:
Eu, X, te recebo como companheira e te prometo transportar o lixo, ser-te fiel, amar e respeitar, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, por todos os dias da nossa relação, até que o quer que seja nos separe.
Tenho dito.

22 comentários:

TheNotSoGirlyGirl disse...

Ahahah! Sabes, também vivo sozinha e nao me importo nada de fazer esse tipo de coisas. É chato e messy, mas tem de ser :)

Beijinho ♥

The-not-so-girlygirl.blogspot.com

Ana Araújo disse...

ahahah muito bom!
http://annahandtheblog.blogspot.pt/

Teresa disse...

Eh pá...tens muita razão no que dizes, mas eu ainda juntava a lavagem do carro!! Que maçada!

Patrícia Landim disse...

Ri-me bastante a ler este post. És muito engraçada. Eu ainda não vivo sozinha, pelo que me consigo "esquivar' de algumas tarefas que não gosto, tal como levar o lixo, sinceramente nem me lembro da última vez que o fiz :o (tenho qud ajudar mais em casa ahah)
http://amiudasempreaandar.blogspot.pt/

Adriana R. disse...

Levar o lixo também não é das minhas tarefas favoritas! Mas pronto tem que ser.
beijinhos, The Fancy Cats

Anónimo disse...

Pois eu sou uma verdadeira mulher do lixo. Mas também não me posso queixar...porque limpezas a fundo e desentupir canos não é comigo. Tudo o que mais é "pesado " é com o sexo oposto. Lavo o carro...mas também utilizo o beicinho e a voz doce para ter quem me leve e vá buscar ao trabalho...lol ( agora dá imenso jeito ...com este calor) .

C. disse...

Opa... não gosto nada de limpar a casa de banho mas tem que ser... há que dividir tarefas...

Beijinhos,
O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

Mariana Dezolt disse...

Opá, adorei! Confesso que sou igual! Levar o lixo à rua faz-me uma certa confusão, mas lá tem que ser ahah
Kisses,
Messy Hair, Don't Care

Andreia Melo disse...

Obrigada pelo comentário <3
Ahahah adorei!! Também detesto levar o lixo à rua, não sei se é do cheiro se de que é que é, mas detesto!!

Beijinhos, xx
mylittlecorner7.blogspot.pt

Sandra Marques de Paiva disse...

Também odeio levar o lixo :)

A.João disse...

Pois, cá em casa as tarefas são divididas, mas quanto ao lixo...calha-me sempre a mim.

Claudia Victória disse...

oi
hahahaha jogar o lixo é tenso mesmo! Detesto!
O lixo vai ficando cheio do banheiro e a gente soca pra caber mais papel só que chega uma hora que o lixo já tá pesando 5 kilos de tanto que socar o papel hahahahah, aí tem que trocar, não tem jeito...

bjs
http://momentosdemodaebeleza.blogspot.com.br

Inês S disse...

Ahahaahahahah adorei!
Por cá (e visto que ainda moro com os pais), levar o lixo é tarefa da minha mãe, mas sem dúvida que tudo o que o meu pai faz em casa é tarefa imprescindível e todas agradecemos interiormente por não termos de o fazer hehehe desde bricolage ao cuidar dos carros, tudo é uma maravilha não termos de ser nós a fazer :D

um beijinho*
Dreams and Lemonade

Marlene Teixeira disse...

Eu sou um bicho estranho :P Eu cá não me importo de levar o lixo...é bastante terapêutico, pegar num saco e correr todos os cantos da casa à procura do lixo, a sensação de ver tudo vazio e limpo é óptima! :D Sou muito estranha por isso? eheh ;)

O que eu não gosto mesmo é de engomar! :D

Lux G. disse...

That agreement is a perfect idea. Haha. I wish I've done this.

Laura disse...

So many great products, the palette has some really nice colors! Thanks for your nice comment, have a great week! xo
http://www.hollylovespaul.com/

disse...

Também detesto levar o lixo! É nem sequer consigo explicar o porquê, é uma coisa que simplesmente detesto fazer :|

Beijinhos
O blog da Mó | Instagram

edite disse...

No meu contrato (verbal) está determinado levar o lixo, lavar a loiça e fazer as compras para casa (exceto algumas que gosto de fazer).
Na minha opinião, é de elementar justiça partilhar tarefas entre o casal.
Beijinhos:)

Isa disse...

Por cá a única coisa que detesto mesmo é tudo o que implique o carro!! De resto fazemos de tudo os dois cá em casa.

Ana Freire disse...

Eheheheh!
Também sou eu que levo o lixo... mas por qualquer razão... não me faz muita diferença... há coisas piores! Tenho mais medo dum cano entupido, por exemplo...
Agora limpar vidros de marquises... também não me importava nada de delegar a tarefa...
Adorei a tua crónica e o teu jeito sincero!...
Beijinhos
Ana

Anita disse...

Loool... Bem, eu faço essas tarefas: desentupo canos e levo o lixo lá fora...

ANNA disse...

https://anna-historias.blogspot.com.es.Quedria enviarte mi blog para que lo mires haved que te parece gracias