.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

26/04/2017

| Duas propostas de cinema |


Estes foram os dois últimos filmes que vi, ambos fortes e intensos, com um denominador comum: as dificuldades económicas por que passam tantas e tantas pessoas, não obstante as realidades tão díspares em que vivem.
Vamos conhecer um bocadinho da sua história: 

24/04/2017

| Green state of mind |


Fim de semana de Páscoa foi tempo de ir ter com a família, comer amêndoas de chocolate, explicar como funcionam apps ao primo predilecto, conduzir com as janelas abertas, sair com os amigos, trazer limas da terra, falar via Skype com o ai Jesus da família, assistir a um concerto na Casa da Música, saber novidades sobre os vizinhos, visitar um local abandonado, dançar, comer pão fresquinho com manteiga, tomar cafés descansados, usar o meu tom de verde preferido, conversar sobre política e vinho e cinema e até futebol com o papi, dormir até à uma da tarde, conhecer bandas novas, cravar a mami para me tirar estas fotos.

22/04/2017

| Crónicas da vida airada (ou não) #25 - Parte 1 de 2 |

Se há homens no Tinder que não fazem qualquer apresentação, e outros que escrevem somente umas palavras, também há aqueles (muito poucos) que escrevem uma espécie de tratado, como é o caso do Gonçalo, de 33 anos.
Porque o texto de apresentação do Gonzo é grande que se farta, hoje vou apenas transcrevê-lo e, na parte 2 desta crónica (a publicar brevemente num blog perto de si) faço a análise possível à personalidade do autor, pode ser?
Então aqui vai:

20/04/2017

| Objeto de desejo |


Os chinelos (às vezes apetece-me deixar de lado as designações in e chamar as coisas pelo nome) andam nos pés de todas as fashionistas mas ainda não me convenceram. E digo ainda porque lhes reconheço conforto e é possível que, mais dia menos dia, me deixe conquistar pela simplicidade e descontração dos exemplares que por aí andam.
Podia perfeitamente converter-me ao chinelo no pé com este modelo da (mega) criativa Charlotte Olympia, tão fofinho quanto tropical. 
A-do-ro.

18/04/2017

| Vintage |


Quando estive em Viseu fomos jantar ao Vintage, uma hamburgueria acolhedora com uma decoração de estilo americano, mas que não se pode reduzir a esse conceito já que existem elementos decorativos e pormenores que nunca mais acabam. E gosto muito de sítios assim, que nos contam histórias. Aliás, fomos lá porque a minha amiga Pat achou que o local era a minha cara, e não é que é mesmo?

16/04/2017

| Low cost beauty |


Se há produtos em que devemos investir algum dinheiro, porque a qualidade o justifica, outros há que aliam qualidade a um preço acessível, custando muito menos do que aquilo que efetivamente valem (é o chamado ouro sobre azul).
Maquilhadores, modelos, cabeleireiros e consumidores anónimos apontam os queridinhos que selecionei para este post como apostas de beleza seguras, e se desta lista apenas experimentei um, agora tenho vontade de testar todos (sou uma fácil!).
Vamos lá saber um pouco mais sobre eles:

13/04/2017

| Lady in red |


Ultimamente tenho-me sentido algo perseguida pelo vento quando tiro fotos aqui para o blog. Por isso, e à semelhança da anterior, esta também não foi uma sessão fácil, mas lá se conseguiu qualquer coisa (a verdade é que até acho piada ao resultado, especialmente porque esta saia ganha vida com o vento, e tive o meu momento Marilyn Monroe n'O Pecado mora ao lado).  

11/04/2017

| Trend alert: as cestas viraram malas |


De junco, verga ou palha, as malas in desta e da próxima estação são uma interpretação moderna do tradicional: os materiais adquiriram novas cores e formas et voilá, temos tendência no pedaço. 

09/04/2017

| Indo eu, indo eu |


Se viajar já é para lá de bom, e viajar para estar com amigos do coração é bom demais, viajar para ir ter com uma queijodependente é espetacular (yamiii). Faz hoje duas semanas que, por esta hora, estava em Viseu, onde fui passar o fim-de-semana, e adorei cada minuto.
Já lá não ia há muitos anos, pelo que não me lembrava do quão bonito é o percurso do IP3, e só lá havia estado de passagem, o que não me permitiu conhecer muito da cidade, na altura.

07/04/2017

| Crónicas da vida airada (ou não) #24 |

É uma das (não) notícias do momento: no final da semana passada, Luísa Beirão foi hospitalizada devido às 'violentas agressões' que terá sofrido em sua casa e, já se sabe, muita tinta vai ser gasta à volta do acontecimento, com mais mentiras do que verdades, digo eu, que acredito pouco no que publica grande parte das revistas 'do social'.
Só nesta semana é que li algo sobre o assunto porque a Elite Lisbon, a agência que representa a ex-manequim, veio emitir um comunicado sobre o episódio, e tenho muito pouco a dizer visto que não conheço os factos, o contexto ou os contornos.

04/04/2017

02/04/2017

| The oversized coat |


Não é a primeira vez que vos mostro este casaco (já o comprei no ano passado), mas continuo a adorá-lo como no primeiro dia (que bonito! 💕).
Gosto, principalmente, do seu corte oversized mas, ainda assim, elegante, e da sua cor, um tom muito peculiar de castanho do qual não me canso.

31/03/2017

| Off sight: A pequena casa bonita |



Este é o segundo post que publico no âmbito do projeto Off sight (expliquei como funciona aqui) e o tema continua a ser sítios abandonados.
Assim, há dias fui fotografar uma casa, de aspeto pequeno e aconchegante, que fica mesmo muito perto da minha. Acho-a tão, mas tão fofa que adoraria vê-la recuperada, mas não me parece, até porque o estado de degradação já vai avançado.

30/03/2017

| Just kids |


Antes de ler este livro (já o queria fazer há anos) sabia que Patti Smith era um nome incontornável do rock'n'roll. Descobri, entretanto, que Patti é muito mais do que isso: ela é poeta, ela desenha, ela compõe, ela é artista visual, ela é uma profunda conhecedora dos grandes nomes da literatura e da música, ela é o que se pode designar de uma artista na plenitude da definição.
Foi a sua inaptidão para 'ter uma vida normal', o amor à arte e à criatividade, um espírito livre e sonhador e uma vontade muito grande de se fazer artista que a levaram até Nova Iorque, com quase dinheiro nenhum no bolso.

26/03/2017

| Summer feelings |


Bem sei que o tempo está uma treta (Lembram-se de há uns dias ter dito que já não se justificava usar casacões que nos fazem parecer crias de ursas? Esqueçam, que não sabia o que dizia), mas até ao verão é um pulo e daqui a nada já andamos aí todas descapotáveis.
Ora, verão é sinónimo de sol, calor e praia, para quem gosta, o que pressupõe o uso de biquínis e fatos de banho lindos e maravilhosos, of course. 

24/03/2017

| Dieta vs Alimentação saudável |

Imagem: creators.vice.com

Agora que se aproximam as estações quentes começamos a ser metralhados com publicidade a dietas-milagrosas-e-ultra-rápidas-que-não-custam-nada bem como a soluções e cremes e comprimidos mega eficazes e mais não sei o quê, tudo com o propósito de chegar ao verão com o corpo perfeito (seja lá o que isso for).
Ora, eu não sou nutricionista nem nada que se pareça, mas diz-me a experiência (e o bom senso) que a grande maioria das dietas (tipo 98,5%) não funciona. E a explicação é muito simples: se vamos mudar os nossos hábitos, o que passa por uma alteração e restrição dos alimentos que ingerimos, assim que terminar essa dieta - e partindo do pressuposto de que voltamos aos hábitos antigos - vamos ganhar peso novamente. Lógico, não é?

22/03/2017

| Um passeio ao Cabo da Roca |


Já vos tinha dito, há dias fui ao Cabo da Roca pela primeira vez. 
Tivemos sorte com o tempo porque, além de estar um solzinho delicioso, as poucas nuvens que existiam dissiparam-se, o que possibilitou que nós - entre umas dezenas de pessoas mais - assistíssemos à alteração das cores no céu (tão bonito) e a um pôr do sol perfeito.

20/03/2017

| The floral bomber jacket |


Duas das tendências que continuam em altas nesta primavera.verão são, por um lado, os bomber jackets e, por outro, os padrões florais.
Se em relação aos bomber jackets fui algo reticente de início (e não visto nada só porque está in), devagarinho fui aprendendo a gostar deles e, confesso, gosto cada vez mais.

18/03/2017

| Objeto de desejo |

As shoulder bags Lucia, de Dolce & Gabbana, disponíveis em várias combinações de cor e diferentes tipos de pele.
São tão cutxi cutxi, não são?

16/03/2017

| Crónicas da vida airada (ou não) #23 |

Vamos a mais uma análise tinderiana, desta feita ao David, de 42 anos (atenção que, estando a meio de um doloroso processo de ressaca, pelo facto de me ter esquecido do smartphone, não estou lá muito meiga).
Então o David apresenta-se da seguinte forma:

Descontraído
Tal como o Sting sou fã de sessões de 5 horas de sexo tântrico... Jantar e cinema incluídos. (nas 5 horas)

14/03/2017

| Cosy red |



Num Domingo escuro de chuva, a opção foi tirar as fotos por casa. Se as condições para fotografar estavam longe de ser perfeitas - prefiro fotografar e/ou ser fotografada no exterior, com (muita) luz natural - já o eram para me dedicar ao dolce far niente, que dias chuvosos e cinzentos gritam sofá.

12/03/2017

| Mercedes Castillo |

Foi através da blogger Gala González que fiquei a conhecer esta marca, da criadora espanhola com o mesmo nome.
Ora, sendo eu uma grande apreciadora de acessórios femininos, por um lado, e de tudo o que é bonito, por outro, o meu (frágil) coração começou a palpitar mais forte assim que vi as criações desta espanhola que decidiu lançar-se em nome próprio após ter trabalhado com Gianfranco Ferré, Donna Karan e Tory Burch (e fez muito bem, porque as suas coleções são absolutamente originais e inspiradoras).

10/03/2017

| Bar Moinho D. Quixote |


Quando fomos ao Cabo da Roca paramos no Bar Moinho D. Quixote, de que nunca tinha ouvido falar, mas que me parece ser um local de passagem obrigatória para quem anda nas redondezas.
Envolvido por vegetação e com uma vista fabulosa para a serra de Sintra e para a praia do Guincho, é perfeito para desligar e relaxar, enquanto se come qualquer coisa ou se bebe um cocktail (ou porque não um chá?).

08/03/2017

| Oh Yeahh! |


Já estão à venda os batons desenvolvidos pelo The Hapiness Institute, que, além de hidratarem os lábios e terem proteção FPS15 contra os raios UV, prometem aumentar a felicidade.
Como?
Sim, leram bem, que o pessoal está sempre a inventar coisas que apelam ao consumo e nós (por mim falo) temos curiosidade em experimentar.

06/03/2017

| Golden days |


Há dias eu e o meu homem fomos passear até ao Cabo da Roca, naquela que foi a minha primeira visita ao ponto mais ocidental da Europa continental.
Apesar do vento, estava um dia delicioso, e tivemos a sorte, o privilégio e o prazer (tal como muitas outras pessoas que lá estavam) de assistir ao pôr do sol, um daqueles momentos para guardar bem perto.

04/03/2017

| Crónicas da vida airada (ou não) #22 |

Há coisas, situações ou pessoas que me tiram do sério, que me irritam de uma forma anormal, que me fazem espécie, que me dão vontade de bater. Com força.
Hoje vou falar do 'escritor' (?!!?!) Pedro Chagas Freitas (PCF), que me provoca comichões generalizadas, tamanha é a alergia que me causa.

28/02/2017

| Off sight: Abandoned places |


Foi no blog da Vânia que tomei conhecimento e fui acompanhando este projeto fotográfico muito interessante levado a cabo por um grupo de bloggers.
Eu, que adoro fotografia e gosto ainda mais de fotografar, achei que fazia todo o sentido juntar-me à trupe, ou seja, à Bela Dina, à Catarina Coelho, à Catarina Sousa, à Joana, à Lucie Lu, à Margarida, à Marta, à Raquel e à Vânia, e cá estou a publicar o primeiro post nesse âmbito.

26/02/2017

| Então e os Oscars? #2 |

É hojeeee!
Esta noite vou acompanhar a cerimónia em direto (o amor ao cinema a isso me obriga) e, se quiserem juntar-se a mim e às parvoíces que vou dizendo noite fora (atenção que a parvoíce vai aumentando com o avançar da noite, por causa do sono) basta seguirem-me aqui
Não consegui ver todos os filmes nomeados para melhor filme (ter de trabalhar é uma chatice), mas vi a maioria, o que já dá para ter uma noção.
Vamos a eles:


25/02/2017

| Trend alert: folhos aos molhos |


Há muitos anos tive uma camisa preta, transparente, com três filas horizontais de folhos, que assentavam sobre o peito, e que era gira que se fartava.
Não sei o que lhe aconteceu, se (num momento de delírio) a ofereci ou se se estragou. O que sei é que após ela ter 'desaparecido' andei a pensar nela durante uns tempos e agora lembrei-me novamente dela porque a tendência voltou em força.

23/02/2017

| Crazy about socks |


Já devem ter notado que os meus looks de outono.inverno incluem quase sempre meias. Curtas, abaixo do joelho, acima do joelho, não importa. Tenho é de usar meias.
Já fui uma gaja (excessivamente) calorenta: quando era mais novita era ver-me sempre primaveril, ainda que estivesse um frio do caraças, e à pergunta não tens frio, respondia invariavelmente com um não. E não tinha mesmo.

21/02/2017

| Objeto de desejo |

Não sou muito uma pessoa de colares (nem de brincos, nem de pulseiras, a minha tara são, definitivamente, os anéis). Mas penso que isso também acontece pelo facto da maioria dos colares (e brincos e pulseiras) não me encherem as medidas. Rara é a vez que olho para eles e penso wow, preciso disto na minha vida!

17/02/2017

| Crónicas da vida airada (ou não) #21 |

Já estavam com saudades de uma cronicazita com cromos do Tinder, não é verdade? 
Eu sei disso muito bem e, porque não gosto que sofram em vão, hoje vou dissertar sobre as fotos mais comuns que por lá encontro. Vamos nessa Vanessa?

15/02/2017

| Gotta love this look |


Foi a partir do casaco tão dentro das tendências (acho-o lindo de morrer) que construí este look, a usar nos dias não tão frios (atenção que nos próximos dias as mínimas e máximas vão estar muito simpáticas, pelo que há que aproveitar para usar aquelas peças de meia estação que estão guardadas no armário há uma eternidade).

13/02/2017

| Então e os Oscars? #1 |

A 89.ª cerimónia dos Oscars está quase aí (acontece já no próximo dia 26) e, como já vem sendo hábito, conto segui-la em direto com críticas aos modelitos e aos prémios na página de Facebook aqui do estaminé (façam like na página e acompanhem comigo, que é uma animação).
Vamos então ao que mais importa, ou seja, aos filmes:

11/02/2017

| Romântica (ma non troppo) |


Por regra não sou muito de usar rendas ou bordados, que criam uma aura bastante romântica. Gosto, antes, de looks mais desconstruídos, práticos, não muito direitinhos.
Sucede que assim que vi esta blusa deixei-me encantar de imediato, porque toda ela respira leveza e candura, com os seus detalhes tão bonitos e femininos.

09/02/2017

| Pela Fábrica da Pólvora |


Se há coisa que gosto de fazer é passear pelo nosso Portugal, cheio de recantos e encantos.
Há dias fui conhecer este espaço, que foi uma das fábricas de armas fundadas por D. Manuel I, tendo a sua principal atividade sido posteriormente convertida no fabrico de pólvora.
Fechou em 1988 e, em 95, foi adquirida pela Câmara Municipal de Oeiras, que a transformou num local aberto ao público.

07/02/2017

| Objeto de desejo |


Lembram-se das canetas multicores dos anos 90?
Eu tinha uma e adorava-a: os meus cadernos de escola eram verdadeiras telas coloridas, uma espécie de arco-íris em papel. Não sei muito bem como é que conseguia escrever em condições. já que a caneta era enorme, mas conseguia, e ai de quem me dissesse que aquilo não era muito prático.

05/02/2017

| Um cenário e um chapéu |


Nem sempre é fácil descobrir sítios novos e bonitos onde fotografar os looks que vou partilhando por aqui, seja porque está quase a chover, seja por falta de tempo, ideias ou, por vezes também acontece, de paciência.
Achar este cantinho super colorido que, na minha opinião, funciona muito bem com o que estava a vestir e, ainda por cima, a 2 minutos de casa, é um luxo.

03/02/2017

| Crónicas da vida airada (ou não) #20 |

Faltam 11 dias para o Dia dos Namorados e já estou com uma urticária de todo o tamanho, tal é a espécie que ele me faz (gosto muito desta expressão, fazer-me espécie).
Já não aguento a caixa de correio inundada de e-mails com propostas de presentes (que vão para o lixo sem passar pela casa de partida), da publicidade na rádio e na TV, do sururu à volta deste dia sem importância nenhuma. Sim, porque para mim Dia dos Namorados é quando um casal quiser, exceto no dia que decidiram marcar para o efeito.