.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

30/04/2017

| Off sight: A discoteca abandonada |


Continuamos a fotografar espaços abandonados e, desta vez, eu e a Bela Dina fomos a uma (ex)discoteca enorme que fica em Pataias, bem perto da Marinha Grande.
Andei a pesquisar sobre a Babooshka na net mas a informação é praticamente nula. Por isso, só sei o que a Bela Dina me contou: que foi uma discoteca com muito sucesso nos anos 90, onde existiam várias pistas de dança e, inclusivé, um bowling. o que justifica os sapatos que encontramos, próprios para a prática da modalidade.

28/04/2017

| Creative & Beautiful |


Porque há objetos, ideias e produtos que vou conhecendo e me agradam muito, ou porque são bonitos ou úteis ou muito criativos (ou tudo junto), fiz esta espécie de wishlist de coisinhas que vi e gostei. Por isso, acho que faz todo o sentido partilhá-la convosco:  

26/04/2017

| Duas propostas de cinema |


Estes foram os dois últimos filmes que vi, ambos fortes e intensos, com um denominador comum: as dificuldades económicas por que passam tantas e tantas pessoas, não obstante as realidades tão díspares em que vivem.
Vamos conhecer um bocadinho da sua história: 

24/04/2017

| Green state of mind |


Fim de semana de Páscoa foi tempo de ir ter com a família, comer amêndoas de chocolate, explicar como funcionam apps ao primo predilecto, conduzir com as janelas abertas, sair com os amigos, trazer limas da terra, falar via Skype com o ai Jesus da família, assistir a um concerto na Casa da Música, saber novidades sobre os vizinhos, visitar um local abandonado, dançar, comer pão fresquinho com manteiga, tomar cafés descansados, usar o meu tom de verde preferido, conversar sobre política e vinho e cinema e até futebol com o papi, dormir até à uma da tarde, conhecer bandas novas, cravar a mami para me tirar estas fotos.

22/04/2017

| Crónicas da vida airada (ou não) #25 - Parte 1 de 2 |

Se há homens no Tinder que não fazem qualquer apresentação, e outros que escrevem somente umas palavras, também há aqueles (muito poucos) que escrevem uma espécie de tratado, como é o caso do Gonçalo, de 33 anos.
Porque o texto de apresentação do Gonzo é grande que se farta, hoje vou apenas transcrevê-lo e, na parte 2 desta crónica (a publicar brevemente num blog perto de si) faço a análise possível à personalidade do autor, pode ser?
Então aqui vai:

20/04/2017

| Objeto de desejo |


Os chinelos (às vezes apetece-me deixar de lado as designações in e chamar as coisas pelo nome) andam nos pés de todas as fashionistas mas ainda não me convenceram. E digo ainda porque lhes reconheço conforto e é possível que, mais dia menos dia, me deixe conquistar pela simplicidade e descontração dos exemplares que por aí andam.
Podia perfeitamente converter-me ao chinelo no pé com este modelo da (mega) criativa Charlotte Olympia, tão fofinho quanto tropical. 
A-do-ro.

18/04/2017

| Vintage |


Quando estive em Viseu fomos jantar ao Vintage, uma hamburgueria acolhedora com uma decoração de estilo americano, mas que não se pode reduzir a esse conceito já que existem elementos decorativos e pormenores que nunca mais acabam. E gosto muito de sítios assim, que nos contam histórias. Aliás, fomos lá porque a minha amiga Pat achou que o local era a minha cara, e não é que é mesmo?

16/04/2017

| Low cost beauty |


Se há produtos em que devemos investir algum dinheiro, porque a qualidade o justifica, outros há que aliam qualidade a um preço acessível, custando muito menos do que aquilo que efetivamente valem (é o chamado ouro sobre azul).
Maquilhadores, modelos, cabeleireiros e consumidores anónimos apontam os queridinhos que selecionei para este post como apostas de beleza seguras, e se desta lista apenas experimentei um, agora tenho vontade de testar todos (sou uma fácil!).
Vamos lá saber um pouco mais sobre eles:

13/04/2017

| Lady in red |


Ultimamente tenho-me sentido algo perseguida pelo vento quando tiro fotos aqui para o blog. Por isso, e à semelhança da anterior, esta também não foi uma sessão fácil, mas lá se conseguiu qualquer coisa (a verdade é que até acho piada ao resultado, especialmente porque esta saia ganha vida com o vento, e tive o meu momento Marilyn Monroe n'O Pecado mora ao lado).  

11/04/2017

| Trend alert: as cestas viraram malas |


De junco, verga ou palha, as malas in desta e da próxima estação são uma interpretação moderna do tradicional: os materiais adquiriram novas cores e formas et voilá, temos tendência no pedaço. 

09/04/2017

| Indo eu, indo eu |


Se viajar já é para lá de bom, e viajar para estar com amigos do coração é bom demais, viajar para ir ter com uma queijodependente é espetacular (yamiii). Faz hoje duas semanas que, por esta hora, estava em Viseu, onde fui passar o fim-de-semana, e adorei cada minuto.
Já lá não ia há muitos anos, pelo que não me lembrava do quão bonito é o percurso do IP3, e só lá havia estado de passagem, o que não me permitiu conhecer muito da cidade, na altura.

07/04/2017

| Crónicas da vida airada (ou não) #24 |

É uma das (não) notícias do momento: no final da semana passada, Luísa Beirão foi hospitalizada devido às 'violentas agressões' que terá sofrido em sua casa e, já se sabe, muita tinta vai ser gasta à volta do acontecimento, com mais mentiras do que verdades, digo eu, que acredito pouco no que publica grande parte das revistas 'do social'.
Só nesta semana é que li algo sobre o assunto porque a Elite Lisbon, a agência que representa a ex-manequim, veio emitir um comunicado sobre o episódio, e tenho muito pouco a dizer visto que não conheço os factos, o contexto ou os contornos.

04/04/2017

02/04/2017

| The oversized coat |


Não é a primeira vez que vos mostro este casaco (já o comprei no ano passado), mas continuo a adorá-lo como no primeiro dia (que bonito! 💕).
Gosto, principalmente, do seu corte oversized mas, ainda assim, elegante, e da sua cor, um tom muito peculiar de castanho do qual não me canso.