.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

19/05/2017

| Crónicas da vida airada (ou não) #26 |

Há quem diga que nós, mulheres, vestimo-nos para as outras mulheres, mas não concordo nada com essa ideia. Eu, pelo menos, gosto de me vestir para mim, e não me interessa muito o que os(as) outros(as) acham.
Já foram dois ou três os homens que me disseram isso e, por mais que rebata, não acreditam muito no que lhes diga.
Mas depois explico-lhes que há mulheres que gostam de se sentir bem porque sim, que é uma questão de amor próprio ou parecido, e dou dois exemplos que eles não conseguem contra-argumentar:
1.º: Se me visto para as outras mulheres, porque é que sou incapaz de vestir roupa de andar por casa quando estou em casa, sabendo que não vou sair nem que ninguém me vai visitar?
2.º: Se me visto para as outras mulheres, porque é que sou incapaz de usar roupa interior menos bonita ou descombinada, sabendo que elas nunca vão ver a lingerie que estou a usar?
Os meus interlocutores ficam sempre baralhados quando chegamos a este ponto da conversa, não têm resposta e encerram o assunto, normalmente com um isso não interessa nada, vocês vestem-se para as outras mulheres e ponto final.
Enfim, homens.
Coisa diferente é a forma como as mulheres olham para as outras, com o sensor-analítico-crítico constantemente ligado à corrente.
Não sei como é com vocês mas, trabalhando eu num local com largas dezenas de pessoas (a maioria do sexo feminino), diariamente sou objeto de raios X dos pés à cabeça, que as mulheres adoram tirar as medidas às outras (e, muitas vezes, arranjar desculpas para poderem criticar).
Depois de me debruçar um pouco sobre o assunto cheguei a quatro tipos de mulheres, consoante a forma como elas analisam as outras:

A desconfiada
É aquela que, enquanto fala connosco, ora nos olha nos olhos, ora vai reparando no que estamos a usar.
Está muito mais interessada em ver o que trazemos vestido do que naquilo que estamos a dizer e, enquanto olha para o nosso lindo top, está com um ar concentrado a fingir que está a pensar no que está a ser dito. 

A minuciosa
É parecida com o tipo anterior só que repara em todo e qualquer pormenor, não lhe escapando o tom dos collants, os brincos minúsculos nem sequer as nossas unhas (isso para verificar não só o verniz mas, mais importante, para ver se as unhas estão lascadas, que é para poder comentar com a colega do lado: Viste que a Anacleta tem as unhas todas lixadas? Córror, mais valia ter tirado aquilo tudo!).

A dissimulada
É aquela que passa por nós e, enquanto nos diz bom dia, olha pelo canto do olho para o nosso outfit com o ar mais cândido do mundo, do género ai que desligada que sou que não estou a reparar em nada.
Depois há ainda a dissimulada-mor, que quando passa por nós cumprimenta com um grande sorriso mas, mal sai do nosso campo de visão se põe a olhar para trás para não perder pitada. Este tipo de dissimulada é bastante dada a torcicolos, vá lá perceber-se porquê.

A corajosa
É aquela que vem ao fundo do corredor e já está a olhar para os sapatos e, à medida que se aproxima, vai fazendo uma análise ascendente. Quando chega perto de nós diz olá a olhar-nos na cara mas só porque está a verificar a maquilhagem.
É o tipo mais constrangedor (as outras ainda tentam disfarçar um cadito) mas, há que reconhecê-lo, é também a mais verdadeira: ela sabe que olha para nós descaradamente, nós sabemos que ela olha para nós descaradamente e sabem que mais?
Ela está a borrifar-se para isso.  

28 comentários:

Chic' Ana disse...

Eu não me visto para as outras mulheres, visto-me para mim! =)
Beijinhos

Os olhares da Gracinha! disse...

Mulher que é mulher veste-se pensando em si e no seu bem estar e beleza!!!bj

Camila Faria disse...

Oi Marta, eu sou tão distraída que sou mesmo incapaz de reparar como uma pessoa está vestida. Acho que se você usasse a mesma roupa duas vezes seguida na minha companhia eu nem iria reparar. Hahaha! Mas sei que existem pessoas que analisam e reparam tudo. E concordo com você, acho que existem SIM mulheres que gostam de se vestir bem para elas mesmas! Um beijo :*

Gorduchita disse...

Visto-me para mim (mas tb não me visto grande coisa)! E estou-me a marimbar para o que as outras mulheres vestem!
Só reparo se for assim uma coisa daquelas que bate nos olhos de qualquer um!

Nobre Sandra disse...

Ahahahah adoro! Também trabalho maioritariamente com mulheres.

https://nobresonho.blogspot.pt

Marisa Cavaleiro disse...

Eu visto-me para mim e não para os outros, para me sentir bem, e conheço algumas dessas mulheres que descreves...
xoxo

marisascloset.blogspot.com

As Coisas Dela disse...

Eu sempre disse que me visto e arranjo para mim e para o meu bem estar. O resto, sinceramente, não me interessa muito. Beijinhos*

Thayse Stein disse...

Eu acho que tem momentos e momentos, sabe? Tem dias que pensamos em agradar alguém em especial, tem dias que fazemos por nós mesmos. Depende da ocasião, das vibes, nada é totalmente preto no branco, existem variações inúmeras!


Beijos
Brilho de Aluguel

Lídia Craveiro disse...

Visto-me para mim e, já houve épocas que me vesti para agradar, para ser elogiada etc, como todas as mulheres que um dia já foram adolescentes e jovens. Não me parece que as mulheres se vistam para as outras, o que acontece é que por vezes entram em competição descarada e, convenhamos que as mulheres são muito mázinhas umas para as outras quando toca a criticar. Hoje em dia, mais de meio século vivido, podia vestir sempre a mesma roupa - claro que não o faço - para não perder tempo para fazer outras coisas que se tornaram prioritárias - como escrever - na minha minha. Parabéns pelo artigo. Abraço.

J* disse...

Acho que que ainda há a corajosa desbocada! Que tem todos os pontos da corajosa mas enquanto estamos a falar para ela e a dizer "Viste o documento que te enviei ontem?" E ela responde:"Que brincos tão giros! São novos? Onde compraste?! Este fim de semana já vi que andaste às compras!"
Pronto, fiquei KO!
https://jusajublog.blogspot.pt/?m=1

The Stylish Beauty disse...

Com me revejo nas tuas palavras.
Não entendem o nós nos vestirmos bem para nós. Para nos sentirmos mais bonitas, com mais força.
Olha eu trabalho com muitos homens 90% pra i e poucas mulheres.
Elas é os radares críticos que nós vemos e eles é nas nossas costas.
O ser humano quando não anda bem só critica o outro para se sentir melhor!

Letícia Olegario disse...

Adorei a cronica. Beijinhos bom final de semana
bellapagina.blogspot.com.br

Rute Matos disse...

Se eu me vestisse para as outras mulheres estava bem lixada já que não sou grande seguidora de modas! Gosto acima de tudo de me sentir confortável e bem comigo mesma. No entanto não tenho problemas em fazer elogios às minhas amigas quando têm uma peça que me salta à vista.

Blogdiariodeumafamilianormal.blogspot.pt

Marta disse...

Ahahah acredita em mim quando digo que nunca reparo em nada! A menos que seja um vestido gigante, reluzente e com placas a anunciar a chegada de quem o veste, eu sou aquela pessoa que NUNCA repara na camisola nova da amiga, para o bem ou para o mal. E sim, visto-me para mim :D
LA VEINE

Adriana R. disse...

Eu também me visto para mim. Se há coisa que detesto é sentir-me observada dos pés à cabeça!
Beijinhos, The Fancy Cats | Japan Candy Box Giveaway

Isa Sá disse...

Eu visto-me para mim!

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Gata disse...

Eu gosto de me vestir de forma confortável para mim e segura de que também não estou mal para enfrentar olhares :)

Boneca disse...

Então que tipo sou eu? É que realmente estou-me pouco marimbando para o que as outras usam.

Magda Carvalho disse...

Também me visto para mim, já ouvi isso de alguns rapazes

http://retromaggie.blogspot.pt/

Coguie disse...

olá! As mulheres são seres, diferentes. Nem todas seguem as mesmas tendências, mas todas possuem alguma particularidade que as faz serem "diferentes" e outras "únicas".. existem as que vivem e as que tentam viver.. normalmente as felizes são as que vivem realmente para si e para quem amam..sem ser para os desconhecidos!

Bacci

coguie

O Conto da Amanda disse...

Olá, tudo bem?
Tem mulheres que se vestem para si, outras para os homens e outras para mulheres; Eu me visto para mim, às vezes tenho preguiça de me arrumar e às vezes me arrumo muito rs.

Beijos
http://amandastale.blogspot.com

Pirilampos Marte disse...

Se eu fosso a ligar da forma como olham para mim ... Estava tramada hahaha
Eu cá não me preocupo com o que os outros pensam seja como vestido ou seja o que for.
Gostei da tua cronica :3

Xoxo, Pirilampos
Pirilampos em Marte
Facebook
Instagram

Sandra Marques de Paiva disse...

Há ocasiões em que me visto para as outras sim e com a intenção de provocar esses olhares todos, mas convém sublinhar que, mesmo quando isso acontece, visto-me com peças que realmente gosto e me fazem sentir bem :)

Miúda disse...

Visto-me para mim, no entanto o que querem dizer é que muitas vestem-se mas esperam sempre a aprovação das outras.

A Estilografa disse...

Não podia estar mais de acordo, também eu me visto para mim e acho que é assim que deve ser. Tudo o que fazemos deve ser por nós mesmas e não pelos outros.

Beijinhos
http://aestilografa.blogspot.pt/

Vânia disse...

Mesmo hoje quando entrei nas finanças, de saltos altos e calções curtos, com meias pretas, uma senhora me olhou de alto abaixo. Eu própria gosto de apreciar uma pessoa bem vestida, seja homem ou mulher, embora ache que não temos que o fazer à descarada para que a pessoa se sinta observada. E faço-o por inspiração, da mesma forma que observo tantos outros detalhes estéticos da vida! Partilho da tua ideia sobre a lingerie, porque é o bocadinho de mim que só partilho comigo e o meu amor. E sim, escolho-a a dedo todos os dias, justamente porque me faz sentir especial. É um segredo só nosso. ;)

A mamã vai casar disse...

Visto-me para mim e não para os outros e a bem da verdade não me preocupo muito com as opiniões alheias.
Também não presto atenção nenhuma ao que as outras vestem.
Mas trabalhando só com mulheres é difícil escapar a comentários.
Beijinho

Ana Freire disse...

Eu acho que me visto para mim...
Raramente me importo se estou ou não a usar a última tendência, ou a marca mais in do momento, preocupo-me com o meu conforto... e com o que me fica e faz sentir bem... e depois... vejo outras olharem pelo canto do olho... e imitarem-me... porque gastaram um balúrdio em coisas que não lhes assentam mesmo nada bem... mas são a última moda... isso... dá-me um certo prazer... confesso...
Beijinhos! Boa semana!
Ana