.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

31/07/2017

| Off sight: Um dia qualquer |


Um dia desta semana. Passavam poucos minutos das cinco da tarde quando fui até ao centro de Leiria para fotografar. Pessoas, tema que continua a ser o escolhido para este nosso projeto.
A proximidade de agosto faz com que a cidade esteja cheia de turistas, muitos deles emigrantes franceses. 
E se, como constatei, a maioria das pessoas que por ali andavam estão de férias ou, pelo menos, a aproveitar o final do dia para relaxar e gozar os últimos raios de sol, outros há que estão a trabalhar, que esta vida não são só férias.
É exatamente essa a ideia que tento passar. A de um dia qualquer.









Não se esqueçam de ir espreitar quem é que as outras meninas Off sight - a Catarina Coelho, do A Girl in Mint Green, a Joana, do Jiji, da Raquel, do Meek Sheep, e a Vânia, do Raining days and mondays - andaram a fotografar. 

21 comentários:

m-M disse...

Estive em Leiria em junho e amei!
É verdadeira bonita e com uma vibe super positiva :D

Marisa Raquel Fonseca disse...

A vida quotidiana mesmo em retrato. Fica intimista este género de publicação! bjs
Coco and Jeans by Marisa x My Instagram x My Bloglovin

Poemas em dó menor disse...

São lindas... gosto muito do gênero ao natural delas.

Bjs

Ana Rita disse...

As melhores fotos são aquelas em que as pessoas estão desprevenidas! Gostei imenso :)
Beijinho, Ana Rita*

Liliane de Paula disse...

Aqui não podemos fotografar na rua porque conta de tantos ladrões que tem nas ruas.
Tem até Polícia mas não conseguem dar conta do tanto de marginais que tem.
Vendi minha Canon poderosa por conta disso.

Sandra Marques de Paiva disse...

Gostei muito das fotos :) Beijinho

Os olhares da Gracinha! disse...

A minha irmã adoro fotografar pessoas mas eu não!!!
Gosto dos olhares!!!bj

M. disse...

Adorei a do senhor na oficina, muito boa!

Camila Faria disse...

Pessoas são sempre os melhores "temas". Adorei as imagens Marta!

Ana Bessa disse...

Acho que conseguis te retratar muito bem o teu objetivo :P

Miúda disse...

Boas fotografias, um bocadinho de tudo nessas fotos :)

Joana Sousa disse...

Aquela segunda foto está genial, Marta! Um dia qualquer, muito bem captado!

Jiji

Mariana Madureira disse...

Fotos que mostram o dia-a-dia de todos nós!! https://bolacha-mariaa.blogspot.pt/

Dora (Blog Desabafos de Mãe) disse...

Belo registo fotográfico e bela ideia. O que é um dia bom para recordar no futuro para os que estão de férias pode ser apenas mais um dia para quem está a trabalhar ou até um dia mau para quem não gosta propriamente do que faz mas tem de ganhar dinheiro para comer!

A Melo Dramática disse...

Sem "filtros" :) Gosto!

Lux G. disse...

Wonderful shots, dear. Raw and real.

Graça Pires disse...

E como é difícil fotografar pessoas... Mas as fotografias estão excelentes.
Uma boa semana.
Beijos.

Ana Freire disse...

Adorei as tuas imagens!...
Também acho que não é nada fácil fotografar pessoas... e nunca me sinto muito à vontade para o fazer...
Excelente trabalho, Marta!
Beijinhos
Ana

Catarina Coelho disse...

Acho que não podias ter arranjado melhor título para este teu off sight. Nota-se mesmo a descontracção das pessoas, a viverem o seu dia-a-dia na rua. Conseguiste captar a espontaneidade dos momentos e eu adoro isso. Gostei imenso da fotografia do senhor na oficina :) tem um sorriso tão honesto.

Rute Matos disse...

Fotos espetaculares Marta!
Beijocas 😉

Blogdiariodeumafamilianormal.blogspot.pt

Vânia disse...

Gosto muito da segunda foto, porque o senhor está em primeiro plano mas o foco da lente está na parede atrás dele (o que não o retira do primeiro plano, mas dá-lhe enquadramento). E aquela das raparigas ao telemóvel, e do senhor que vem atrás delas. Os três têm a cabeça em baixo, o que acho que em termos de análise social nos pode dar muito pano para mangas (as raparigas por causa do telemóvel, e o senhor porque, enfim... não deveríamos todos andar de cabeça erguida?). Bom trabalho. :)