.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

26/09/2015

| Um documentário obrigatório |



Após John Galliano ter sido despedido da casa Dior, em março de 2011, na sequência de um vídeo em que o mesmo afirma amar Adolf Hitler, é anunciado, sensivelmente um ano depois, o seu sucessor: o novo diretor artístico da casa parisiense é, com muita surpresa, o belga Raf Simons.
A surpresa pela escolha deve-se ao facto de Raf ser considerado minimal e vanguardista, muito diferente do excêntrico e barroco Galliano. 
O realizador Frédéric Tcheng pede acesso aos bastidores e, durante 8 semanas consecutivas, acompanhou o processo de criação da 1.ª coleção de Simons, que concluí ser um profissional muito exigente e rigoroso e uma pessoa muito reservada e prática, sem quaisquer tiques de vedeta, e com uma visão extraordinária do que uma mulher deve usar.
Este documentário (de 2014) é essencialmente uma homenagem às pessoas que trabalham na Dior, principalmente às costureiras que, de uma forma brilhante, materializam o idealizado por Raf. Mostra-nos também que a Moda é muito mais do que roupa, é arte no seu estado mais puro.
É um pecado não ver!

Instagram: @fashionoirblog

10 comentários:

TehTeh disse...

confesso que já me cruazei com esse filme, mas não liguei muito =P

http://tehteh25.blogspot.com

xoxo

Vânia A. disse...

Vai já para a minha lista! :)

http://photographybyvania.blogspot.pt/

Catarina D. disse...

Muito obrigada mesmo!

Sara Carvalho disse...

Agora fiquei com vontade de ver ! hahaha

Beijinho ♥
www.somethingwithsa-ra.blogspot.pt

Diana de Sousa disse...

Essa descrição abriu-me o apetite para ver o filme! Fiquei mesmo curiosa, e também concordo, moda está muito mais além do que é visível, é arte. beijinhos, boa semana*

Voar Viajar Viver disse...

por acaso não conheço nada sobre a história da Dior, deve ser bem interessante!
beijo

Sophie disse...

Ainda nao vi este. Vi o filme da Chanel e adorei.
Tenho de ver este !

Sophie.

Amélia Rita Monteiro disse...

Este filme está na minha lista de espera, ainda não calhou ver :)
Recomendo também o Coco avant Chanel de 2009 e Yves Saint Laurent do ano passado!

www.amafaldinhadizque.com

Marta Moura disse...

Já vi os 2, sou uma papa filmes! :)

Mariana Malho disse...

Olá Marta, muito obrigada pela tua visita no blog, fiquei muito contente :) Adorei conhecer o teu e já estou a seguir-te.
Eu ainda não vi o filme, mas fiquei mesmo muito curiosa...
Beijinhos

http://themarielement.blogspot.pt/