.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } .jump-link { text-align:right; } .jump-link a { text-align:right; font-size:15px; padding:10px; border: 1px solid #000; background-color:#ccc; color:#000; font-weight:bold; } -->

22/03/2019

| Estamos cada vez mais pobres |


Não faz muito tempo estrearam na televisão portuguesa dois reality shows de fazer chorar as pedras da calçada. Não vi e não tenho qualquer interesse em ver programas em que mulheres se oferecem para servirem de gado que vai a leilão, mas li sobre o assunto e isso basta para me sentir informada q.b.
No passado fim de semana estreou mais um programa do género – também não vi nem tenciono fazê-lo – em que, resumindo, anda tudo nu.

21/03/2019

| Instagram(ices) |


Já sabem, está tudo em @marta_fashionoir

20/03/2019

| Uma leitura de abrir o apetite |


Custou-me imenso digerir, na altura, o suicídio de Anthony Bourdain, por me ser uma figura tão querida. 
Sempre simpatizei com o famoso chef, era daquelas pessoas com quem me imagino horas à conversa, acho que devia ter tanto para contar…

18/03/2019

| The grey coat |

 

Gosto muito de cinzento e gosto muito deste casaco, perfeito para os dias em que há sol mas este ainda não aquece muito. 
Huumm, na verdade a maior dificuldade que tive, quando tirei estas fotos, foi tentar domar o vento, que estava a armar-se em bom. 

15/03/2019

| Objeto de desejo |

É desta que compro uns ugly shoes muito giros.

13/03/2019

| A tasca da Su |


Localizada bem no centro da pacata cidade de Beja, tivemos a sorte de descobri-la e de lá ir jantar.
E digo sorte porque não há nada de que não tenha gostado, entre a comida típica saborosa e honesta, a decoração, os preços e, principalmente, a simpatia e a arte de bem receber da Su (que cozinha, sem dúvida, com muito amor), bem como das pessoas que com ela trabalham. 

11/03/2019

| Sim, fui a Beja para parar de fumar |


O meu homem tinha ouvido falar num homem de Beja que fazia uma espécie de acupuntura para deixar de fumar e, talvez por outubro do ano passado, combinámos que no início de 2019, na onda Ano Novo, Vida Nova, deixávamos de fumar.
Por uma razão ou outra fomos adiando e acabámos por lá ir há 17 dias.