.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

27/08/2012

Da Rússia com amor




Até há 2 anos atrás, Ulyana Sergeenko era gozada por pessoas do seu país devido às saias folclóricas e vestidos muito compridos que usava. Hoje, essas mesmas pessoas fazem fila para comprar as suas criações.
Ulyana, de nacionalidade russa, antiga modelo, fotógrafa, designer, stylist, ícone de street style e blogger (podem visitar o seu blog em ulyanasergeenko.tumblr.com), já há muito que era uma das preferidas dos fotógrafos de street style, devido ao seu estilo único e inimitável, embora a própria afirme que lhe interessam muito mais as pessoas do que aquilo que vestem.
Em julho deste ano fez a sua estreia na semana de moda de Paris. E que estreia! Arrisco afirmar estarmos face a um nome que, daqui a uns anos, será incontornável.


As suas criações são o espelho de si própria e, talvez por esse motivo, sejam tão elegantes e simples. Mas essa aparente simplicidade é tão difícil de alcançar que só alguém que cria a partir de dentro consegue atingi-la.
A mais recente coqueluche do mundo da moda é fã de divãs como Ava Gardner, Sophia Loren, Brigitte Bardot e Grace Kelly, e a sua roupa é inspirada por ideias tão diversas como a infância, filmes e cartoons soviéticos antigos, tradições familiares, cinema europeu (por exemplo, de Visconti e Fellini) e, principalmente, pela sua avó.
Assim, a beleza das propostas com que a criadora nos brindou é, com certeza, resultado desta maravilhosa miscelânea.  

Este texto também pode ser lido no betrendaqui

Sem comentários: