.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } .jump-link { text-align:right; } .jump-link a { text-align:right; font-size:15px; padding:10px; border: 1px solid #000; background-color:#ccc; color:#000; font-weight:bold; } -->

26/08/2019

| Quem é amiga, quem é? #3 |

Imagem: wheretogetit.it

Hoje dedico o post desta rubrica - muito interessante e utilitária, modéstia à parte - a mezinhas para uso caseiro que nos dão um jeito do caraças.
Começo por uma dica da mami, já testada e aprovada, para tirar aquelas nódoas impossíveis ou, então, aquelas marcas mais suaves mas-ainda-assim-muito-chatas que a roupa vai ganhando, quer por causa do uso, quer por causa do contacto constante com produtos como protetor solar, desodorizante, BB cream, etc., etc.
Então é assim minha gente: antes de as colocar a lavar, basta pulverizar as peças com o tira gorduras Mistolin et voilá, adeus manchas e nódoas.
Uma nota: ninguém me paga pela publicidade, mas a verdade é que tinha peças guardadas num canto por causa ‘daquela’ nódoa (peças essas de que não me conseguia desfazer por gostar tanto delas) e agora estão outra vez prontas para a ação, pelo que me limito a partilhar uma informação que gostava que partilhassem comigo, se fossem vocês a detê-la. Temos de ser uns para os outros, essa é que é essa.
A segunda dica também é supimpa e desde que a descobri não quero outra coisa: qual é a melhor coisinha para limpar sapatos e malas? Hum, hum?
Há apostas? Palpites? Não?
A resposta éééééé: água micelar.
Basta colocar um pouco em algodão e passar no sapatito ou na malita, ficam logo limpinhos. Diz quem já experimentou que é ainda mais perfeita a limpar camurças, mas neste material ainda não testei, só o vou fazer lá mais para o outono, quando fizer a mudança de estação ao nível do pé. 
Se desse lado houver deste tipo de dicas para partilhar (ou outras, deixo o tema à vossa consideração) não se façam rogadas: todas serão bem-vindas. 😉

6 comentários:

Gil António disse...

Olá:- "trapinhos" muito giros.
.
Votos de um dia feliz
.
.......... Quer ler? .......
** Amor em alma deserta **

A TItica disse...

Já uso o mistolin para esse fim à muito tempo, mas a da água miscelar acabei de aprender! Obrigada pela dica!!

TheNotSoGirlyGirl disse...

Boas dicas! Mistolin uhm? Vou comprar!
Olha tenho um risco de caneta numa mala de pele. alguma sugestão de como tirar?? a mala é azul bebé e uma gaja qualquer riscou-me a mala no pingo-doce a passar com a caneta na mão -.- tenho tanto cuidado com as minhas coisas para depois me acontecer isto.. se tiveres alguma sugestão..!
beijinho
TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

Marta Moura disse...

Humm, esse risco não sei como tirar. Espero que descubras entretanto 😉

Mena Almeida disse...

Mistolim?? não sabia mesmo :) mas nas camisas de seda brancas ser
a que não estraga?
Beijinho

Marta Moura disse...

Nessas peças especiais não sei. Mas está com nódoas, certo? Se calhar não perdes nada em tentar 😉