.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } .jump-link { text-align:right; } .jump-link a { text-align:right; font-size:15px; padding:10px; border: 1px solid #000; background-color:#ccc; color:#000; font-weight:bold; } -->

02/03/2018

| Diz que os Oscars estão quase aí (3) |


A cerimónia dos Oscars está mais do que próxima e, por isso, dedico o post de hoje ao último trio dos nomeados a melhor filme.
Como já vem acontecendo nos últimos anos, não vou perder pitada no próximo domingo à noite e conto estar pela página de Facebook do blog a partilhar outfits e bitaites sobre resultados e trapinhos, e desta vez em dose dupla, porque também há Festival da Canção.
Se quiserem juntar-se à festa sigam-me aqui, serão muito bem-vindos. 😉
Vamos então aos filmes:

Get Out conta a história de Chris e Rose, um casal de namorados que decide ir conhecer a família de Rose, que vive numa zona rural dos EUA.
Apesar das dúvidas dele, pelo facto de ser preto e ela branca, esta assegura-lhe que a família não é preconceituosa e que vai correr tudo bem. E de facto Chris é bem recebido mas, entretanto, começa a aperceber-se de que as pessoas e situações são bizarras e estranhas q.b.
Embora haja quem classifique este filme como sendo de terror, considero-o mais de suspense. E não sendo o tipo enredo que, à partida, me atraia, é interessante, entretém e cria uns picos de adrenalina.
Se seria um justo vencedor de melhor filme? Naaa, nada disso.

Em Phantom Thread, o sempre brilhante Daniel Day-Lewis interpreta Reynolds Woodcock, um conceituado estilista inglês que tem tanto de genial como de irascível.
Completamente dedicado à sua arte, nunca se entregou verdadeiramente a nenhuma mulher até que conhece Alma, que se torna na sua companheira e musa, numa relação algo tumultuosa e nada tradicional.
É um filme muito bonito, quase poético, e para isso contribui a excelente banda sonora que, descobri entretanto, é da autoria de Jonny Greenwood, guitarrista dos Radiohead.
Diz-se que Daniel afirmou que este é o seu último filme, mas tenho esperança que não, até porque acho que desta vez lhe vai escapar o Oscar.
Não posso terminar sem fazer uma referência ao guarda-roupa, elegantérrimo (está, obviamente, nomeado na respetiva categoria), e à desconhecida atriz luxemburguesa Vichy Krieps, que interpreta Alma, e de quem, suspeito, ainda vamos voltar a ouvir falar.

Termino esta série de posts com o meu filme preferido destes três.
Em Darkest Hour, Gary Oldman representa o papel de Winston Churchill, aquando da sua nomeação urgente para o cargo de primeiro-ministro, corria o ano de 1940.
Não sei se o filme é um retrato aproximado da realidade, mas foi interessante perceber que os factos aí narrados mostram o outro lado do que se passa em Dunkirk, igualmente nomeado e de que já falei há uns posts.
A grande e difícil decisão que Churchill - que era brilhante, diga-se - tem de tomar é se aceita um tratado de paz com a Alemanha, submetendo-se à sua vontade ou se, por outro lado, agarra o touro pelos cornos, que é o mesmo que dizer declara guerra ao inimigo, aceitando as graves consequências que daí podem advir para o povo britânico.
Gary Oldman dá um show - tão, tão, mas tão grande - que é quase pecado não ver. Se ele não ganha o Oscar de melhor ator, então não percebo nada disto.

23 comentários:

Os olhares da Gracinha! disse...

Nem sempre os vencedores são aqueles que a maioria do público ... gosta!

Eros disse...

Espero que a Vichy não se perca pelos erros de más escolhas de carreira por maus agentes.

Gil António disse...

Por vezes são vencedores os improváveis para a maioria das opiniões. Existem razões que a própria razão desconhece.
.
Deixando cumprimentos poéticos
E votos de um feliz fim de semana.

Ana Vieira disse...

Não costumo ligar muito aos filmes dos Oscars confesso, mas fiquei curiosa quanto ao 1º :)
Blog - Maria Rita
> Follow my Instagram

Anita On disse...

Ai, ainda estou tão atrasada nos filmes, hoje pretendo ver o Phantom Thread! Vi o Get out e gostei mas sim não é o tipo de filme vencedor de oscar.

Beijinhos,

Anita On

Vânia Calado disse...

Não gostei do "Get Out". "A hora mais negra" é muito bom, mas o melhor é mesmo o Gary Oldman que está incrivel naquele papel. Neste momento, é a minha aposta para melhor actor (mas ainda me falta ver alguns filmes :) )
Já estou a seguir no facebook para saber as opiniões ;)

Sara C. disse...

Eu vi o primeiro filme e adorei, também não considero terror e sim suspense.
Beijinho

doce-branca.blogspot.pt

Catarina Sofia disse...

Eu gostei imenso do Get Out! :)

Rosana Vieira disse...

Não vi nenhum, mas fiquei bem curiosa com o Phantom Thread!
Beijinho

Automatic Destiny

Diana Fonseca disse...

Ando mesmo desactualizada.

Mrs. Margot disse...

Contrário ao ano passado, falhei completamente a minha tentativa de ver os nomeados antes dos Óscares, só consegui ver alguns de animação e mesmo assim não foram todos.

MRS. MARGOT

Isa Sá disse...

Estou um pouco a leste dos óscares...

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Elisabete disse...

Vamos lá ver quem e que filme vão ganhar.
Bjs

Inês disse...

Ainda não vi nenhum desses, vamos ver se os consigo ver em breve! :)
--
O diário da Inês | Facebook | Instagram

Tulipa Negra disse...

Este ano não posso opinar muito - ou, basicamente, nada!. Acho que nunca estive tão fora dos Oscars como neste ano...

Louca por porcelana disse...

Grata pelas dicas.Bom fim de semana.

MIF disse...

Olá, também fiz um post acerca dos Óscares no meu blog, mais especificamente sobre o filme Get Out!

O Pecado Mora Em Casa disse...

Ainda não vi nenhum dos filmes(falta mesmo de tempo), espero ver alguns depois dos Óscares!!!
Beijinhos.
http://www.opecadomoraemcasa.pt/

Carolina Rodi disse...

Ainda não vi nenhum..tenho de por esse assunto em dia haha

Já sigo o blog querida! Beijinho*
http://carolinarodi.blogspot.pt/

Inês Indisponível disse...

Eu este ano prometi a mim mesma que ia ver todos os filmes antes dos óscares começarem para compreender as decisões do júri, mas confesso que não consegui! Aidna me faltam bastantes, recomendas algum em especial ?

Adriana Leandro disse...

Ainda não vi nenhum, mas o primeiro me chamou a atenção.
Beijinhos!

galerafashion.com

Gil António disse...

Visitando, lendo, gostando do espaço que considero muito bonito e acolhedor, prometendo voltar. Os Óscares são aquilo que são. Nem sempre ganha quem merece.
.
* Chuva que acalma CORAÇÕES … secos pela desventura *
.
Cumprimentos poéticos
Votos de um dia feliz

Ana Freire disse...

Ontem bem tentei ver o começo da cerimónia, mas acabei de adormecer... e o Festival da Canção... tchiiiiiii! Só por aqui, me dei conta de que nem me lembrei... :-(
Nem Jolie... nem Brad... Nem Jennifer... pelo que me apercebi... mas posso estar enganada... ainda me vou actualizar um pouco mais sobre o que aconteceu nos Óscares, ao longo do dia...
Beijinho
Ana